Aqui postarei as matérias de maior importância para o vestibular.

Geração Vestibular

Para verem todos os tópicos sobre cada matéria, clique no marcador, que fica no fim da postagem.

Obrigado, espero que ajude vocês.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Elementos e fatores climáticos

  • Latitude: em geral, quanto maior a latitude, menor a temperatura. Devido à inclinação do eixo de rotação terrestre, a partir do equador (área de latitude alta), os raios solares tornam-se cada vez mais longos e seu alongamento acrreta uma perda progressiva de energia calorífera e luminosa.

  • Altitude: em geral, quanto maior a altitude, menor a temperatura. Depois de aquecidos pelo Sol, o solo e as águas superfícíais devolvem parte do calor à atmosfera. Nas áreas mais baixas, o ar é mais denso, portanto retém mais calor; à medida que a altitude aumenta, o ar se torna mais rarefeito e sua capacidade de reter calor diminui.

  • Maritimidade e Continentalidade: como a água é um verdadeiro regulador témico, nas áreas marítimicas ou litorâneas a umidade ameniza as temperaturas, portanto a amplitude térmica diária (diferença entre a temperatura máxima e mínima) é bem pequena. À medida que se avança para o interior dos continetes, o teor de umidade do ar mininui e por isso a amplitude térmica vai se acentuando.

Pressão Atmosférica

A atmosfera “presa” ao planeta pela força da gravidade, exerce pressão sobre todos os pontos da superfície terrestre, sobre cada centímetro quadrado dessa superfície, ao nível do mar, existe uma coluna de ar que tem a altura de toda atmosfrea e cujo peso foi calculado em 1.033 kg. Entretanto, a pressão atmosférica sofre a superfície terrestre sobre a superfície terrestre, por influência de fatores como a umidade, tempertura e as precipitações, pode variar a horizontalmente, conforme a latitude e verticalmente conforme a altitude.

  • Latitude: nas áreas de baixa latitude, caracterizadas por altas temperaturas, a pressão atmosférica é mais baixa, pois o aquecimento do ar equatorial provoca dilatação e expansãp das moléculas dos gases, assim em 1 m3 de ar quente há menor quantidade de moléculas de gases do que em 1 m3 de ar frio, no qual as moléculas ficam mais contraídas e mais próximas.

  • Altitude: como a atmosfera é bastante compressível, nas áreas de baica altitude a preesão é mais elevada, pois as camadas atmosféricas superiores pressionam as camadas inferiores, aumentando a densidade so ar. Nas áreas mais altas, as pressões atmosféricas são mais baixas, pois o ar é mais rarefeito (menos denso).

Frentes de Ar

Esta massa de ar é a responsável pelas ondas de frio no centro-sul do país. Ela pode causar geadas e neve no sul do Brasil e friagens no oeste amazônico. A frente fria que acompanha a massa de ar na borda frontal causa chuvas de intensidade moderada a forte, porém de rápida duração.


Aula DataShow sober Interpirismo : Download

agradecimentos do Donwload: felipe (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário